Autor: studart

Sobre meus arquivos, volto a dizer: Wikileaks para a ditadura!

 Organizei uma cerimônia pública de doação para o Arquivo Nacional de todo meu acervo de documentos da ditadura — entre 15 mil e 20 mil páginas. Isso foi em 2011, durante do governo Dilma Roussef. A cerimônia foi no Departamento de Biblioteconomia da Universidade de Brasília. Estava tudo certo, mais de 50 pessoas na platéia, discurso aqui, discurso acolá, então um doutorando reclamou com diretora do Arquivo sobre a política de acesso aos documentos.   Segundo ele, não havia transparência, nenhum pesquisador estava conseguindo obter autorização para pesquisa. A diretora (esqueci seu nome) então explicou que alguns familiares dos...

Read More

Escorpiões e serpentes

Por: Paulo Castelo Branco/ Congresso em Foco. O jornalista, escritor, historiador, membro do Instituto Histórico e Geográfico do Distrito Federal e professor, Hugo Studart, pesquisou, durante dez anos, a aventura de jovens idealistas na luta armada contra o regime militar. Como todas as histórias da construção de uma sociedade, várias são as versões desde a criação do mundo. Cientistas e historiadores conseguem, com suas pesquisas, desvendar mistérios das nossas origens, e são respeitados pelo trabalho incansável que prestam à humanidade. A crucificação de Cristo, para ficarmos em eventos mais recentes, possui milhares de relatos controversos que foram levados às...

Read More

Wikileaks para a ditadura!

Somente uma política de ampla, geral e irrestrita transparência dos documentos será capaz de resgatar nossa História (Publicado originalmente no jornal Folha de S.Paulo, Sessão Tendências e Debates,  a 07 Junho 2011. pág. 3) Por Hugo Studart Insólito constatar que a ex-torturada Dilma Roussef mantenha uma política restritiva de acesso aos documentos secretos da ditadura militar. É verdade que, em abril, o governo publicou portaria facilitando o acesso aos papéis que estão sob a guarda do Arquivo Nacional. Depois, Dilma anunciou a intenção de terminar com o sigilo eterno de documentos do Estado. Dias atrás, foi a Unesco quem anunciou,...

Read More

Queimem Hugo Studart: seu livro, seu corpo!, pede Mario Rosa

‘História se combate com História’, defende. Por: Mario Rosa/Poder 360. O historiador Hugo Studart meteu a mão num vespeiro: publicou recentemente uma tese aprovada por uma banca de doutorado da Universidade de Brasília sobre a guerrilha do Araguaia. Em síntese, o livro intitulado “Borboletas e Lobisomens” revela que alguns guerrilheiros fizeram acordo com o Exército e se transformaram em “mortos vivos”. Trocaram de identidade. O dedo na ferida, baseado em testemunhos e documentos oficiais, é a surpreendente, mas não inimaginável, possibilidade de haver acontecido a conversão de guerrilheiros em delatores de seus próprios companheiros de luta e, depois, terem adquirido uma nova identidade...

Read More

O PT estaria apostando em Bolsonaro?

Por: Hugo Studart. A direção do PT está dando todos os sinais exteriores de que aposta na eleição de Jair Bolsonaro para a Presidência da República. Pelo menos o que transparece dos últimos movimentos é que não quer a eleição (possível) do candidato do partido, Fernando Haddad. Mas tão somente fazer uso de seu rostinho para manter Lula em evidência. Em maio último, escutei de uma pessoa muito próxima a José Dirceu, depois que mantiveram uma longa conversa, que o objetivo estratégico do PT era sobreviver a esta eleição. Como? Primeiro, fazendo uso da prisão de Lula como uma...

Read More

Categorias

Arquivos